Ìpadé Sirê - Encontro da Consciência

01-12-2012 14:00

Sábado, 01 de dezembro, das 14h às 21h

Ìpadé Sirê Continua suas atividades nos dias 01/12 no antigo Centro Cultural Jabaquara que hoje é Acervo da Memória e do Viver Afro-brasileiro

Endereço: Biblioteca Paulo Duarte
Rua Nadra Raffoul Mokodsi,
Distância aprox. do metrô: 941 metros a pé

Aviso !!!

Continua as atividades no Acervo da Memória e do Viver Afro-brasileiro Caio Egydio de Souza Aranha

Contamos com a presença de todos!!!

Ìpadé Sirê - Encontro da Consciência é um projeto que objetiva provocar a reflexão sobre a importância da resistência cultural africana e sua relação com as raízes da identidade popular brasileira, cujo foco principal será a história do Quilombo do Jabaquara e de seus arredores.
O projeto irá promover encontros e desenvolver atividades no Centro Cultural Jabaquara, no mês de novembro, a partir de oito eixos temáticos que constituirão o princípio de um trabalho mais profundo e de longo prazo e que irão confluir numa semana de atividades, a ser realizada na semana da Consciência Negra, em novembro de 2012. Os eixos são:


Continua as atividades no Acervo da Memória e do Viver Afro-brasileiro Caio Egydio de Souza Aranha

Contamos com a presença de todos!!!

Ìpadé Sirê - Encontro da Consciência é um projeto que objetiva provocar a reflexão sobre a importância da resistência cultural africana e sua relação com as raízes da identidade popular brasileira, cujo foco principal será a história do Quilombo do Jabaquara e de seus arredores.
O projeto irá promover encontros e desenvolver atividades no Centro Cultural Jabaquara, no mês de novembro, a partir de oito eixos temáticos que constituirão o princípio de um trabalho mais profundo e de longo prazo e que irão confluir numa semana de atividades, a ser realizada na semana da Consciência Negra, em novembro de 2012. Os eixos são:

Dia 01/12 -Quilombo Trabalho Comunitário, a cultura no cotidiano - Alessandra Ferros

14:00 - Mesa Debate Quilombo História

Quais são as raízes históricas que constituem nossas principais expressões artísticas? O negro africano entoou seu canto, se reuniu com seu povo e expressou sua existência com coragem, sem abrir mão de sua fé e cultura. As expressões escolhidas por nosso projeto desenharam a geografia abstrata das "Pequenas Áfricas", formadas por bases culturais que resistiram à intensa opressão, afirmando-se e se redefinindo em curto espaço de tempo, trazendo novos significados que extrapolaram fronteiras e que constituem a essência da cultura popular brasileira contemporânea. Com base nessas questões propomos uma mesa de debate acerca da historiografia dos quilombos paulistanos e do Quilombo do Jabaquara
com Raquel Trindade, Milton Barbosa e Kabengele Munanga.

Mediação: Danilo César

15:30 - Sarau da Cooperifa


17:30 – Mesa Debate Quilombo Trabalho Comunitário, a cultura no cotidiano
O trabalho comunitário organizado vem crescendo e se solidificando muito em nosso país e em nossa cidade. Em decorrência das enormes dificuldades vividas pelas comunidades carentes e pelo desequilíbrio significativo de ações sociais governamentais, as comunidades se mobilizam e coletivamente procuram novos caminhos de luta e sobrevivência. Os quilombos são exemplos históricos desse tipo de mobilização. Debate sobre o trabalho comunitário
com Allan da Rosa, Michel Cena7, Renata Souza e Sérgio Vaz.

Mediação: Alessandra Ferros

19:00 - O Toque Ancestral dos Tambores
Nas matrizes africanas o tambor é o instrumento que confere vida aos rituais e que evocam os ancestrais e seus descendentes. Dessa forma, elegemos o dia de finados para iniciar nossas atividades, começando pela reverência aos ancestrais e à espiritualidade africana por meio do toque dos tambores.
Apresentação de tambores com os grupos:

- Ballet Afro Koteban 19h

- Umoja 20h
 
Serviço:
Ìpadé Sirê Continua suas atividades nos dias 01/12 no antigo Centro Cultural Jabaquara que hoje é Acervo da Memória e do Viver Afro-brasileiro

Endereço: Biblioteca Paulo Duarte
Rua Nadra Raffoul Mokodsi,
Distância aprox. do metrô: 941 metros a pé do
Metrô Jabaquara - Jabaquara - Sao Paulo/SP