18/08 - CONVITE: Diálogo sobre o Plano Juventude Viva na Bahia

18-08-2013 13:00

Hip Hop em Movimento

A Articulação do Plano Juventude Viva na Bahia, e o Conselho de Desenvolvimento da Comunidade do Estado da Bahia – CDCN, convida representantes de organizações da sociedade civil (movimentos negros e juvenis) para uma roda de conversa onde o Plano Juventude Viva estará em pauta. O Diálogo sobre o Plano Juventude Viva na Bahia, acontece neste domingo, 18 de agosto, às 13h, no auditório do CDCN, Rua Ribeiro Santos, 42, Pelourinho, Salvador.


Os homicídios são hoje a principal causa de morte de jovens de 15 a 29 anos no Brasil e atingem especialmente jovens negros do sexo masculino, moradores das periferias e áreas metropolitanas dos centros urbanos. Dados do Ministério da Saúde mostram que mais da metade (53,3%) dos 49.932 mortos por homicídios em 2010 no Brasil eram jovens, dos quais 76,6% negros (pretos e pardos) e 91,3% do sexo masculino. Na Bahia, dos 3.786 casos de homicídios registrados em 2010, nos 19 municípios com maiores índices absolutos de morte por agressão, quase 67% foram de jovens (15 a 29 anos), e desses mais de 90% foram de jovens negros (pretos e pardos).

No intuito de dar uma resposta a essa problemática, o Governo Federal construiu de forma participativa com a sociedade civil organizada, o Plano Juventude Viva, um Plano Nacional de Prevenção à violência contra a Juventude Negra.

 

O Plano Juventude Viva  é um desafio do Governo Federal sob coordenação da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial - SEPPIR, e da Secretaria-Geral da Presidência da República, por meio da Secretaria Nacional de Juventude - SNJ,  e é fruto de uma intensa articulação interministerial para enfrentar a violência contra a juventude brasileira, especialmente os jovens negros, principais vítimas de homicídio no Brasil.

 

Construído por meio de um processo amplamente participativo, o Plano reúne ações de prevenção que visam a reduzir a vulnerabilidade dos jovens a situações de violência física e simbólica, a partir da criação de oportunidades de inclusão social e autonomia; da oferta de equipamentos, serviços públicos e espaços de convivência em territórios que concentram altos índices de homicídio; e do aprimoramento da atuação do Estado por meio do enfrentamento ao racismo institucional e da sensibilização de agentes públicos para o problema. 

 

O Plano Juventude Viva constitui uma oportunidade histórica para enfrentar a violência, problematizando a sua banalização e a necessidade de promoção dos direitos da juventude. Além das ações voltadas para o fortalecimento da trajetória dos jovens e transformação dos territórios, o Plano busca promover os valores da igualdade e da não discriminação, o enfrentamento ao racismo e ao preconceito geracional, que contribuem com os altos índices de mortalidade da juventude negra brasileira. Trata-se de um esforço inédito do conjunto das instituições do Estado para reconhecer e enfrentar a violência, somando esforços com a sociedade civil para a sua superação.

 


SERVIÇO:

O que: Diálogo sobre o Plano Juventude Viva na Bahia.

Quando: 18 de agosto de 2013 (domingo), às 13h.

Onde: Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra – CDCN, Rua Ribeiro Santos, 42, Pelourinho, Salvador-Ba.

Horário: 13h


 

Responsáveis:

Geovan Bantu, Mailson Perreira e Sayonara Malta (Articuladores do Plano Juventude Viva na Bahia)

Tel.: (71) 8123 4640 - geovan.juventudeviva@gmail.com


Dj Branco (Conselheiro e Secretário Executivo do CDCN, Coordenador da CMA Hip-Hop)

Tel.: (71) 3117-1553, 9151-0631 - cmahiphop007@gmail.com